Caminhando pela areia…

Fonte: Desconhecida.

Então uma brisa passou por mim, e bem na hora sinto um perfume inconfundível, meus olhos se fechando, meu corpo dando um rodopio, senti meu coração disparar, era você, não sabia o que falar e nem como me comportar, e então você me beijou, foi ai que me lembrei daquela noite no farol, e ai me afastei.

Você ficou confuso, mas eu comecei a falar:
– O que? Bruno vem aqui, me dá um beijo, e acha que tudo aquilo que aconteceu não foi nada? Como assim? Você é idiota?
Ele respira e fala: 
– Calma querida… diz ele assustado.
– Ah! o que? Calma? Querida? Eu estou muito calma! E além do mais querida aqui é a vó! 
– Eu posso explicar Mel… – ele diz abaixando a cabeça.
– Que explicar o que? O que eu vi aquele dia já explicou tudo! Você só pensa em si mesmo, não pensa que a SUA namorada vai se ferrar no final, não pensa que a SUA namorada pode perder tudo, não pensa que Sua namorada… (murmurei…) Ai que raiva!
Sai em desespero, sem rumo para ir, ele me chama mas finjo que não escuto, ele insiste e mando ele ir embora e evaporar da minha frente…
No fim é que eu andei tanto que me perdi, então sentei e chorei, quando levanto os olhos alguém aparece…
Quem será? Continuarei mais tarde!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s